O maior palestrante de vendas do Brasil: Marcelo Ortega

Palestras de vendas personalizadas com o renomado palestrante de vendas internacional

Marcelo Ortega é palestrante de vendas, com grandes clientes que contratam palestras de vendas. Conheça melhor o palestrante e suas palestras agora!


artigos na mídia
Artigos

Como abordar clientes com eficácia

Sem dúvida alguma, abordagem é o ponto de maior importância no processo de vendas e também a maior dificuldade da maioria dos vendedores.

Na venda pessoal ou por telefone, o atendimento pode e deve ser uma importante arma para diferenciação quanto à concorrência. Quanto mais preparado ao abordar clientes, estiver o vendedor ou qualquer profissional que atenda clientes, mais chances de encantarar, desvendar necessidades, descobrir motivadores de compra ocultos ao primeiro olhar.

É preciso evitar o pré-julgamento! Vendedores que pré-julgam potenciais clientes pela aparência, modo como falam ou se vestem, pela quantidade de filhos que têm ou estilo de vida que aparentam ter, normalmente se equivocam e perdem na questão da empatia, afinidade ou sintonia.

O cliente nem sempre quer comprar aquilo que demonstra, mas há muitos vendedores que caem no erro do preconceito ou prejulgamento, não?

O melhor a fazer é praticar a arte das perguntas abertas. Como, quando, o que, qual, quem...

No entanto, antes de perguntar, é preciso criar um clima para isso. O cliente não gosta de vendedores pegajosos, que querem criar vínculos e oferecer qualquer coisa, de qualquer jeito.

Procure deixar o cliente à vontade, ciente de que está ali para ajuda-lo. Em que posso ajudar? É a abordagem mais convencional. Seja bem-vindo (a), é um bom e agradável meio de iniciar um primeiro contato, mas podemos ter táticas e técnicas mais efetivas na abordagem eficaz para iniciar suas vendas:

1. Crie rapport: acompanhe o estilo do seu cliente, percebendo se é uma pessoa que gosta de falar ou apenas não quer ser incomodada e prefere ficar no estilo “poucas palavras” sinta o nível de interesse pelo tempo de permanência e se notar que a pessoa está realmente olhando muitas opções, intervenha novamente com a pergunta, o que você está realmente procurando? Será que eu poderia lhe ajudar? Acompanhe gestos e movimentos: Rapport é empatia, acuidade e percepção. Nivelar seu tom de voz com a da outra pessoa, espelhar sua forma de gesticular. Ser expansivo com quem é assim, ser mais discreto se for o contrário, se encontrar uma pessoa que é mais calada. Procure se colocar no lugar do seu prospectivo ou ativo cliente, mesmo que já conheça a pessoa, resista a oferecer algo por oferecer. Entenda e só depois o atenda.

2. Procure aplicar uma técnica de vendas de abordagem que está no meu livro (Sucesso em Vendas), chamada F.A.D.A – Fato-Artefato-Dica- Apreciação: um fato sobre o cliente – algo que ele revelar sobre sua necessidade inicial, pode ser motivo de um bom “quebra gelo”. Se a pessoa diz que está olhando os lançamentos, fale sobre o assunto....Fatos e novidades do mercado. Se a pessoa estiver portanto um violão nas costas – este Artefato – serve para falarem um pouco sobre musica, certo? Se você puder aconselhar a pessoa com algo que julgue ser importante para ela, faça isso sinceramente. Uma Dica dada sem esperar nada de volta é um ótimo captador de atenção. E por fim, um elogio sincero, sempre ajuda nas relações humanas. Cuidado para não “bajular”, isso demonstra seu interesse artificial nos outros. Se tiver uma qualidade para evidenciar sobre esta(s) pessoa(s) que acaba de conhecer ou já conhece, faça um elogio sincero e verdadeiro.

3. Coloque os benefícios na sua mensagem inicial. Em vez de falar de preço, desconto e características técnicas do produto, destaque alguns ganhos intangíveis como segurança, desempenho, status, beleza, altíssima performance, economia, etc. os benefícios se referem aos clientes, e veem primeiro. Detalhes dos produtos que vendemos devem ser apresentados somente depois dos benefícios, em especial, quando o cliente lhe revelar o que busca de verdade. Para isso, agora é hora de perguntar (use perguntas abertas, como já comentei)

4. Depois de fazer perguntas, com sintonia, e antes de mostrar os modelos que julga ser as melhores (ou a melhor) opção de compra, pergunte: o que significa esta compra para você ....(prezado cliente)? Pode parecer estranho, mas esta pergunta, quando feita com sintonia, revelará o lado mais importante da abordagem e do levantamento de necessidades: revelará o DNA da Venda. Você irá ouvir coisas como realização de uma sonho, satisfação pessoal, segurança e conforto para a família, investimento e capitalização, prazer e status. Este é o DNA que lhe ajudará, em muito, a vender. Acredite! Ajude os outros a ter senso de urgência, destaque benefícios para criar necessidades agora mesmo.

Boa$ Venda$


© Marcelo Ortega 2020.

Está com alguma dúvida?
Fale Comigo no WhatsApp!