O maior palestrante de vendas do Brasil: Marcelo Ortega

Palestras de vendas personalizadas com o renomado palestrante de vendas internacional

Marcelo Ortega é palestrante de vendas, com grandes clientes que contratam palestras de vendas. Conheça melhor o palestrante e suas palestras agora!

papo de vendas

Papo de Vendas

Quer bater um papo de vendas com um especialista no assunto? Você só precisa mandar sua dúvida ou comentário. O próprio palestrante de vendas Marcelo Ortega responderá.
Abaixo você verá várias perguntas respondidas pelo palestrante. Logo depois, use o formulário e envie sua pergunta.



Estou trabalhando com renovação de assinaturas de produtos jurídicos com advogados dos estados de MG, ES e RJ, e muitas vezes me deparo com assinantes muito desconfiados na hora de fechar o negócio. Essa é uma característica dessa região?

Bem, os clientes que adiam a decisão não estão totalmente convencidos ou ainda podem não ter poder para decidir. Por isso é importante mapear bem o cliente antes de lhe propor algo.
Faça ainda o uso de técnicas essenciais em vendas para tratar objeções:

1. Perguntas como funciona o processo de decisão na empresa?
2. Entenda as objeções e mapeie se existem outros pontos importantes.
3. Investigue se existe sentimento de importância ao comprar com você.
4. Desvende o lado mais importante na decisão do cliente: O DNA ou lado intangível da venda.
5. Fortaleça na cabeça do cliente, os inúmeros ganhos que ele terá ao comprar(cada cliente é um caso a parte).
Aqui no site existem mais informações, artigos, vídeos e ferramentas para você.

Ver Resposta

Trabalho em uma empresa de divulgação de livros didáticos. Nosso material é bom, mas nossos concorrentes como que “compram” as escolas, oferecendo computadores, reformas em fachadas etc. O que fazer para combater esta política da concorrência?

O melhor a fazer é esquecer o concorrente, jamais atacá-lo diante do cliente. Foque melhorar suas estratégias de relacionamento e mostre ao cliente algo de valor, sobretudo, a seriedade, a segurança, a tradição que sua empresa tem para ser o melhor parceiro. As empresas que prometem demais, um dia não cumprem e o cliente sabe que não existe mágica para concorrer com tamanha diferença de preços e ofertas. Criem maior e melhor relacionamento com seus potenciais clientes, investindo em vendas mais consultivas, menos transacionais que foquem só desconto e condições.

Ver Resposta

Vendo um produto que não exige investimento por parte do cliente, fidelidade ou um tipo de mensalidade, e ainda por cima traz economia. E mesmo com vantagens tão claras encontro uma dificuldade enorme em vender. Onde, ou o que, devo mudar?

Sua maneira de vender está muito surreal, sem evidências de que é tão bom assim. Você está correto em falar que traz economia, mas a forma como fala até para mim pareceu aquele “papo de vendedor”. Procure modificar a forma como apresenta e para tanto, utilize no site uma ferramenta chamada: MBA – Momento do benefício aplicado.
É fundamental que tenha uma apresentação mais clara, que foque o lado intangível, de ganhos para o cliente e que se complemente com uma rápida visão de credibilidade: quem você é, o que sua empresa faz, que clientes possui, qual seu foco para o novo cliente... Espero lhe ter ajudado. Faça o exercício proposto e boas vendas.

Ver Resposta

A minha dúvida é como trabalhar bem as objeções e fechamento de vendas. Como ser mais produtivo no campo de vendas? O que vendo é o Purificador de água portátil.

Eu já fiz palestra para a PURIFIC, conheço bem a qualidade da marca e o modelo de vendas.
Recomendo que invista tempo em estudar técnicas de vendas, por exemplo, eu meu site na sessão “ferramentas”você encontra o processo para lidar com objeções, ou ainda em meus DVDs e livros como Sucesso em Vendas, ou Comunicação na Negociação. O importante quando surge uma colocação do cliente focada em adiar a compra, o famoso “vou pensar.... ou ...deixa para outro dia.....não posso me comprometer”, é fazer o entendimento se existe necessidade ou não em comprar. As pessoas precisam enxergar benefícios, coisas que as façam sentir urgência em ter seus purificadores. Você não vende apenas equipamentos Purific, mas pontos importantes e intangíveis como: qualidade de vida, mais saúde, conforto, menos trabalho, muito mais confiança, segurança, prazer para toda a família. Quando sua apresentação estiver tocando o coração do consumidor por pontos como estes, as objeções básicas ficam em segundo plano. Além disso, não desperdice seu tempo com quem não precisa do seu produto.
Qualifique a venda com perguntas e abordagem correta, entendendo como funciona para cada consumidor o processo de decisão ou ainda o quanto é importante para ele ou ela ter seu produto. Crie necessidades perguntando se o cliente colocaria a saúde de sua família em risco, ou ainda, se ele gosta de pagar mais caro com outras opções, que não têm tanta confiança e garantias.
Lembre-se: negociar é saber entender os motivos do cliente para realmente querer comprar e acima disso, quando comprar. Se lhe dizem ....vou pensar.... pergunte. De 0 a 10, quanto estamos de ter um retorno positivo após o senhor pensar? ....se ele disser 5, pergunte: o que lhe falta para se sentir convencido e ter os 05 pontos restantes? É uma forma de medir envolvimento.

Ver Resposta

Queria saber como os meus vendedores podem desenvolver melhor as vendas dos produtos que minha loja oferece pois sendo uma loja franquiada e fast food, não podemos modificar muita coisa pelo padrão que a loja trabalha.

Mesmo sendo franquia se pode melhorar muitas coisas:

1. Atendimento: é feito por pessoas, não por máquinas. Estas precisam ter atitudes positivas, mais engajamento com o crescimento do negócio e entenderem seu importante papel na venda, no relacionamento com clientes.
2. Apresentação criativa: usar as ferramentas de marketing promocional da forma certa, treinando as pessoas a fazerem vendas adicionais a cada cliente. O funcionário que mais vende precisa contar o segredo do sucesso aos outros. Criatividade deve ser recompensada como reconhecimento (funcionário do mês, prêmios e elogios em público).
3. Treinamento, desafios e responsabilidades: estes são 03 fatores que motivam as pessoas a venderem mais e melhor. Um funcionário bem treinado e quando é desafiado a atingir metas, sente-se responsável pelo resultado. Normalmente os treinamentos são mais técnicos e as pessoas se tornam “papagaios”que repetem apresentações prontas. Mas quando o treinamento é comportamental, as pessoas se sentem mais valorizadas por ganhar aquilo que vale para a vida delas, um melhor poder pessoal.

Ver Resposta

Trabalho com telemarketing, recebo pedidos e tenho que aumentar a venda. Minha maior dificuldade é manter o resultado. Temos uma campanha motivacional, e não consigo nunca estar em 1º. Já tive um ótimo resultado, de 42% de clientes convertidos mas cai para 20%, e isso me aflige. Acredito que em seu livro tenha algo nesse sentido, mas se puder falar algo mais específico para mim, ficaria muito grata!

Bem, eu quero lhe parabenizar por reconhecer que precisa ser mais constante, pois certamente para chegar ao primeiro lugar, não pode estar desmotivada. Seu desempenho está acima da média, pois na faixa de 30 a 40 de conversão podemos concluir que está entre as melhores em vendas. O primeiro lugar tem uma marca a ser batida, é seu desafio. Importante mesmo, não é querer ser melhor que ele(a), mas melhor que você mesma todo dia. Melhorando suas marcas, você entrará num ritmo de excelente desempenho, cada dia, cada hora, a venda melhora. A sua atitude deve ser entusiasmada a cada avanço, no seu ritmo, no seu foco, no seu melhor lado profissional. Entusiasmo é o combustível certo: en=dentro, tusi=teos=Deus; asmo = sopro (do grego) significa ‘Deus dentro de você”. Isso quer dizer que sua motivação vem de dentro, portanto, aja com entusiasmo encarando seu trabalho como uma forma de satisfação pessoal, nunca como tarefa. Quais suas causas para querer ser o primeiro lugar? Elas devem estar na sua frente todo dia.

Ver Resposta

Atendo dois clientes da mesma família, mãe e filha. A filha está com débito e a loja tem que receber o valor, que pego em peças da cliente. A mãe ficou com raiva e não está comprando mais de mim. O que faço?

É um caso delicado. Você precisa escolher se abre exceção neste caso para manter a Mãe como cliente, pois não irá conseguir evitar o desconforto dela. Negocie com a filha, crie sintonia de novo com a Mãe e explique sua dificuldade, com franqueza. Não há muito o que fazer, se trata de um problema mais administrativo/ financeiro do que comercial.

Ver Resposta

Já percebi que para crescer é extremamente importante ter mais pessoas envolvidas. Seria importante sondar pessoas que já trabalham na venda de cursos ou posso pegar um vendedor de outra área e prepará-lo? Qual seria o tempo ideal para um bom vendedor dar retorno para a empresa?

Como te disse, gente pronta não é fácil de encontrar e vendedores bons normalmente estão empregados, mas vale a pena procurar. Importante é perceber a atitude da pessoa, se for cheia de vícios, inflexível, com discursos muito prontos e cheio de razão, pode esquecer, é mais fácil treinar alguém. Entreviste pessoas em duas oportunidades, uma primeira para conhecer o lado pessoal e marque outro dia para conhecer o lado profissional. O fato de chamar a pessoa duas vezes dá uma chance a ela de se superar, pois no primeiro dia pode não ter sido tão efetiva e ideal para você. Mas o contrário é verdadeiro, pois eu conheço um gerente de vendas que gostou muito de um candidato na primeira entrevista, mas ficou indignado quando o mesmo chegou embriagado para a segunda. Veja ainda a sessão de vídeos. Descrevo pontos importantes para contratar vendedores.

Ver Resposta

Tenho uma empresa de treinamentos especializada em cursos de expressão verbal. Preciso urgente desenvolver um plano de vendas, porque quando viajo ou saio da empresa sinto que tudo pára. A minha dúvida é: eu contrato um estagiário e vou preparando ele ou procuro no mercado uma pessoa ou representante experiente que tenha uma carteira de clientes?

É complicado achar gente pronta, recomendo que forme um bom comercial. Um estagiário pode ser demorado demais e que vende você, precisa ser ótimo em comunicação, demonstra congruência com aquilo que faz. Procure alguém que tenha este perfil e prepare para a venda, por relacionamento, de modo consultivo.

Ver Resposta

Trabalho numa empresa de moda feminina, sou gerente da Ponta de Estoque, e no mesmo espaço está o Atacado. Tem dicas para boas performance?

Treinei muitas lojas através de eventos promovidos nos principais Shoppings como Ibirapuera, Jardim Sul, Center Norte (em SP) e há 03 semanas atrás, o Vale Sul em SJCampos. Fiz muitos treinamentos para varejo em redes como Hering, Track&Field, Drogasil etc. Por conhecer muitos líderes, gerentes de lojas, recomendo que seja uma autodidata em liderança em vendas, estude e aguarde meu novo livro, que foca como formar, treinar e liderar vendedores.

Ver Resposta

Já fui ministrado por você na empresa onde trabalho e estou com um problema. O que fazer para que as empresas a qual envio e-mails da apresentação de nossa empresa me recebam em uma visita. Como despertar o interesse pelo meu produto via e-mail?

Recomendo que relembre a técnica que ensinei durante o treinamento de vendas que fez: MBA – Momento do Benefício Aplicado.
1. Comece falando um ou mais benefícios gerais que sua empresa / produto / serviço proporciona ao potencial cliente.
2. Diga como fará isso: fale um pouco de seu negócio e dê exemplos de clientes satisfeitos.
3. Transfira para ele tais ganhos (benefícios) dizendo que se aplica a sua empresa/pessoa.
4. Peça uma agenda propondo duas opções de datas na semana seguinte, mas avise que irá lhe telefonar para confirmar (se for o caso).

Ver Resposta

Trabalho com vendas já algum tempo, sendo dois anos em vendas de produtos de informática. Com a crise muitas empresas diminuíram ou até mesmo congelaram suas compras. Fico em busca de novos clientes, por telefone e e-mail, mas a grande maioria só quer saber de promoção, pois sempre temos alguma. O caso, é que nem sempre os preços são os menores que o dá concorrência, ou a forma de pagamento não esta acessível. Não quero ficar conhecido como vendedor de promoção e preciso fazer vendas além da meta, qual a melhor forma de sair dessa situação?

Em tempos difíceis, o remédio é criar novos discursos. O foco de abordagem com clientes deve sair do preço, mas isso só é possível se você der algo de valor na venda. Por isso, antes de buscar clientes, prepare suas apresentações e verifique se nelas estão contidos pontos como ganhos, benefícios, vantagens, facilidades operacionais: as empresas sentem urgência em comprar com quem vende valor e não preço e pagam mais quando recebem mais.
Na sessão ferramentas do site você encontra um exercício que permite formular os benefícios antes de vender e a sequencia de como apresentar sua empresa, marcar mais visitas e gerar mais oportunidades de negócios. No meu livro esta técnica se chama MBA – Momento do benefício aplicado. Tente desenvolver outra linguagem e boa$ venda$.

Ver Resposta

Tenho uma equipe de vendas e estou à procura de um método para meus vendedores, quero dividir em equipes e fazer uma disputa saudável e preciso de umas dicas suas com relação à premiação. Gostaria de alguma idéia para me ajudar a aumentar minhas vendas e estou disposto a passar para meus vendedores.

Eu recomendo que use algo que seja familiar na empresa, sem inventar muito. Use sua criatividade, mas eu posso lhe dar exemplos de gerentes que dividiram equipes em duas turmas, criaram nomes, grito de guerra e premiaram com algum equipamento eletrônico: Mp3 ou IPOD para todos. Mas já vi campanhas em que a equipe perdedora pagaria o jantar dos ganhadores e por aí vai.
O importante é lançar um desafio possível, apoiar no preparo de estratégias, trabalhar junto e estimular a competição e a cooperação. Duas equipes competindo e cada equipe cooperando é bem legal.

Ver Resposta

Na empresa que trabalho sinto que preciso de ajuda na parte do roteiro do texto, o que eu falo ou deixo de falar ao cliente. Nosso telemarkenting é ativo e passivo, pois nossas atividades diárias exigem muito empenho, pois temos uma meta a cumprir de assinaturas novas por mês, renovações e ativações de clientes. Como posso me expressar melhor aos clientes?

Digo que o melhor é remodelar o discurso para algo mais atraente aos ouvidos das pessoas, focar em benefícios e vantagens. Lembro que benefícios são emocionais, intangíveis e remetem ao retorno que seu assinante terá. Informação, conhecimento, facilidade e pontualidade, além de com tudo isso ter o que há de melhor em noticias, atualidades, empregos, economia, política e muito mais. Pessoas mais bem informadas aumentam sua empregabilidade, sua capacidade de convencer, argumentar, criar negócios, ter maior qualidade de vida entre outros benefícios. Foque num roteiro objetivo, que possa ser falado em 30 segundos, não mais que isso. Mas o crucial é ensinar seus vendedores as técnicas de apresentação, abordagem e negociação, pois um cliente difere do outro e um script ou roteiro mecanizado não é garantia de sucesso.

Ver Resposta

Estou com dúvida na estratégia que a empresa adotou devido ao momento do mercado que está afetando as vendas ao não atingimento das metas. O Gerente agora precisa ficar mais em campo e menos interno, trazer negócios. E como fica o gerenciamento das vendas da equipe?

O líder deve se desdobrar, mas jamais se tornar linha de frente. Ir a campo é uma tarefa importante e deve ser feita sim. Mas o líder deve levar seu notebook, seus controles e continuar pensando na estratégia, na delegação de novas tarefas. Eu disse delegação, não delargação. É isso.

Ver Resposta

Quero saber se é uma boa finalizar uma promoção que já completa 3 meses e lançar novamente a promoção do mesmo, com repasse de valores, visto que o produto ficaria competitivo perante ao mercado.

Invente algo novo, não recomendo fazer a mesma ação, pode desgastar o produto e o clima de vendas.

Ver Resposta

Elaborei uma campanha onde dividi o departamento comercial em duas equipes, para dar competição entre eles, e determinei que a equipe que vender mais terá um prêmio. É um boa estratégia?

Excelente, competição sempre faz bem e cria um bom clima.

Ver Resposta

Tenho recebido reclamações que nas listagens de alguns vendedores os clientes só compram quando se efetua uma venda casada. Mantenho esses clientes cadastrados ou faço a exclusão dos clientes? e envio novas listagens com novos clientes que terão maior giro de nossos produtos?
No momento atual as metas individuais não têm sido atingidas, tenho readequação para que sejam alcançadas, porém como vou medir as metas mesmo para os que não conseguiram, tendo que permanecer na equipe?

1. Vendedores devem parar de reclamar e fazer com que os clientes comprem produtos pelo valor, ganho, retorno que o mesmo proporciona. Quando vendedores só giram produtos por venda casada e ainda por cima, pouco lucrativa, é hora de treinar. Eu não trocaria as listagens, testaria mesclando clientes atuais com nomes potenciais de maior giro, para ver se a retórica permanece.
2. Metas precisam ser pensadas com base nas vendas passadas, versus momento econômico x crescimento necessário e possível. Se não consegue medir as metas por fazer parte do problema, estar dentro do dia-a-dia de vendas, deve sair de cena e ser um analista, um líder que corrije desvios e ajuda a equipe a vender, não que entra no jogo e sai vendendo por desespero.

Ver Resposta

Atuo na área de inspeções onde o produto final é um documento idêntico ao do concorrente. Nesse caso a guerra de preços é inevitável para se ganhar mercado e os clientes difícilmente são fiéis. O que posso fazer para tentar fidelizá-los?

O cliente não é fiel se o vendedor não for fiel. Vivemos num mundo de produtos/serviços parecidos, qualidade equivalente e preços similares, e o que vai lhe diferenciar dos demais concorrentes é seu atendimento e capacidade de vender o intangível, os ganhos que não estão no serviço: relacionamento, gentileza, pontualidade, facilidade, tranquilidade e o que só sua empresa proporciona: diferenciais.
Reflita: o que você vende e por que compram de você em vez de comprarem do concorrente. Se a resposta é só o preço, você está tirando pedidos, pois empresas que tem o menor preço e o melhor prazo, não precisam de vendedores. Eu posso lhe afirmar que o cliente paga mais quando recebe mais e quando pede por preço, é por que não tem percebido nada de diferente em seu negócio.
Valorize o cliente, criando mais sintonia, fazendo um esforço extra no atendimento, no pós-venda, no relacionamento. Nos novos clientes, use um discurso focado em benefícios e diferenciais como segurança, agilidade, maior produtividade de sua empresa, mais assertividade e conforto no controle, nos projetos e nos resultados. É com isso que se vende.

Ver Resposta

Sou vendedor de roupas e calçados. Gostaria de saber qual fala posso usar no momento da venda de um desses dois produtos?

Estude no site na sessão ferramentas: como abordar clientes e despertar interesse. Prefiro que você mesmo conclua pelos benefícios dos sapatos que vende, mas adianto, ninguém compra sapato simplesmente, mas aquilo que estes proporcionam. Para alguns é simplesmente necessidade básica do dia-a-dia, para outros beleza, status, prazer, ou ainda, para compor um visual especial de uma data importante, como uma festa. Aprenda a perguntar além do número do sapato, para que finalidade ou ocasião a pessoa busca tal produto, isso vale para roupas, para carros, para qualquer produto ou serviço.

Ver Resposta

Tenho uma empresa, credenciada de uma operadora de telefonia móvel e estou tendo muita dificuldade em manter os consultores trabalhando, uma vez que só pago comissão. Faço inúmeras campanhas de premiação, mas não estão dando muito resultado. Devo pagar um salário fixo ou o consultor tem que fazer sua remuneração baseada em comissão?

Trabalhar com consultores (representantes) não é uma vida fácil, tem que criar engajamento com paciência e persistência. Monitoramento é fundamental, você deve manter contato e apoiar na venda. NO entanto, se sua proximidade não tem surtido efeito, tampouco vai funcionar qualquer campanha. O modelo que recomendo é da remuneração mista: salário e comissão. O salário deverá ser uma garantia de comissão antecipada, uma espécie de franquia, que deixa de existir se o vendedor ultrapassá-lo em comissões. É uma forma de cobrar mais resultados. No entanto, o salário pode ser fixo também, mas cuidado ao estabelecer um valor que sirva de zona de conforto, neste caso, ninguém precisa vender e se superar.
O mais importante a meu ver é você redefinir regras do jogo, informando a todos que serão 90 dias para definir quem fica ou sai do grupo. Nos primeiros 30 dias, quem não chegar a 80% da meta, passará por uma avaliação e acompanhamento. Em 60 se persistir, pode ou não ser descredenciado como consultor de sua empresa. Em 90 dias, quem não estiver dentro da meta, ou entre 80 e 100% está fora.
Crie plano de comissão variável crescente, quem vende mais, ganha mais comissão:

Abaixo de 50% da meta – só salário e cobrança para reação imediata em termos de resultado.
50% da meta – 50% da comissão.
51 a 80% - 80% da comissão.
81 a 100% - 100% da comissão.
Acima de 110% da meta – bônus em valor fixo de dinheiro.

Use estratégias de motivação por competição, criando um ranking entre eles e mostrando isso a todos ou com um quadro na parede ou pela internet.

Ver Resposta

Trabalhei 6 anos como recepcionista e agora estou mudando para vendas. Mas não tenho experiência na área, sou um pouco tímida, tenho dificuldades em oferecer meus produtos. Sei que por eu ser assim esta me prejudicando. O que faço?

No começo é assim mesmo, a gente tem um pouco de receio, timidez e bloqueios para vender. Como lidou com muita gente e telefonemas antes, sabe que o melhor é ser uma pessoas agradável, verdadeira e que faz com prazer o seu trabalho. Para ter sucesso em vendas é preciso antes de tudo, ser uma pessoas positiva e autêntica. Estude em meu site técnicas de abordagem a clientes, leia artigos e veja os vídeos que podem lhe dar dicas. Seja sempre simpática e preparada nos conhecimentos daquilo que vende. Nunca engane um cliente ou acredite estar atrapalhando-o em nada. O que uma vendedora como você faz é ajudar as pessoas a serem mais felizes, lembre sempre disso.

Ver Resposta

Assisti a seu vídeo sobre como contratar bons vendedores e gostaria de uma orientação um pouco mais detalhada quando você diz que as pessoas precisam ter metas pessoais. Gostaria que exemplificasse os tipos de metas pessoais que você acredita serem importantes os candidatos terem.

Neste vídeo eu destaco as metas de vida como base para as metas em vendas. Uma pessoa realizadora tem um projeto de vida claro, bem definido, no papel e até compartilhado entre as pessoas que confia. Ao contratar pessoas, precisam entender o quanto têm ambição, não ganância. O profissional ambicioso é focado, obstinado, decidido naquilo que quer.
Normalmente trabalha pensando em realizar seus sonhos. Vendas e vida dão um ótimo paralelo, pois em ambos temos pressão, necessidade de planejamento, flexibilidade, atitude. Quando estou selecionando vendedores faço perguntas como:

Onde sonha estar daqui um ano?
Quais seus planos para o futuro na empresa?
O que você tem por realizar no campo pessoal nos próximos meses?
Quais suas conquistas na vida mais importantes?

As metas podem ser financeiras, bens de consumo, intelectuais, familiares, lazer, não importa. Quem tem metas e objetivos e os define claramente para realizá-los, tende a ser mais efetivo na conquista das metas em vendas.

Ver Resposta

Sou líder de uma equipe de 6 vendedores e quero lhe pedir uma orientação. Como faço para manter eles cada dia mais e mais motivados?

Motivação em vendas requer 03 Rs:

Reconhecimento – crie formas de premiar e valorizar sua equipe: pontualidade no trabalho, vendas com menos descontos, exemplos de satisfação de clientes, depoimentos, e claro, obtenção de metas semanais, quinzenais e mensais. O vendedor precisa sentir-se importante e valorizado e o reconhecimento não precisa ser feito com dinheiro, mas um troféu, um elogio que seja, feito em público, vale muito.

Regras: a equipe precisa saber suas metas, como chegar e o que ocorre quando esta é atingida ou não. Não se pode trabalhar sem monitoramento e como líder, é seu papel direcionar, medir avanços e corrigir desvios. Os que vendem mais precisam ser exemplos para os que vendem menos e todos devem ser prestigiados, estimulados. Crie competições dividindo a equipe em dois grupos e estabeleça regras do jogo, premiação e penalização. Comissione, se for o caso, sempre de forma crescente: quem vende mais, ganha mais comissão e vice-versa. Quem não atinge um percentual aceitável da meta, não recebe nada, pode ser um exemplo aplicável a sua empresa.

Resultado: Metas e objetivos devem ser medidos durante o mês, por isso temos que quebrar o resultado em 04 partes, por semana. Um jogo de futebol tem um intervalo e nele o técnico consegue motivar, mudar taticamente a equipe e acertar para que ganhe o jogo. Meça o resultado no dia-a-dia e busque criar vendedores que pensam estratégicamente.

Fique ligado que em Julho ou Agosto lançarei um livro chamado Inteligência em Vendas – como formar, treinar e liderar equipes comerciais.

Ver Resposta
© Marcelo Ortega 2020.

Está com alguma dúvida?
Fale Comigo no WhatsApp!