O maior palestrante de vendas do Brasil: Marcelo Ortega

Palestras de vendas personalizadas com o renomado palestrante de vendas internacional

Marcelo Ortega é palestrante de vendas, com grandes clientes que contratam palestras de vendas. Conheça melhor o palestrante e suas palestras agora!


papo de vendas

Papo de Vendas

Quer bater um papo de vendas com um especialista no assunto? Você só precisa mandar sua dúvida ou comentário. O próprio palestrante de vendas Marcelo Ortega responderá.
Abaixo você verá várias perguntas respondidas pelo palestrante. Logo depois, use o formulário e envie sua pergunta.

Assisti a sua palestra na CBN, foi ótima. Durante minha carreira de 35 anos como empregado, penso havia aprendido tudo, pois sempre achei que foi pelas marcas das empresas que trabalhei que tive o meu sucesso. Uma empresa foram de dois anos de trabalho como auxiliar de diretoria. Outra empresa (empreiteira) foi de quatro anos de supervisor de equipes de produção onde a tarefa era fazer produzir e conciliar os serviços dos operários e os gestores da contratante. A outra empresa foram 24 anos de trabalho onde as funções foram de: planejamento, liderança, produção, redução em perdas operacionais e comerciais. Participação de negociações em novos projetos onde muitas vezes tinha que entender de tudo, desde o planejamento, passando para compras, execução, e encerramento contábil. Membro de programas de qualidade, implantação de gestão de processos administrativos visando redução de custos e aumento nos ganhos. A ultima empresa foram de seis anos igual a de cima (empreiteira) incluído licitações e gerencia de contratos. Em todas as empresas tive como se fossem minha, alias, ajudei a cuidar melhor que os próprios donos. MAS veio a REALIDADE, trabalhar para MIM, e é ai que veio a dificuldade. Não aprendi VENDER para mim. É no ramo de locação! Um negócio novo \"escritório Coworking\" isso tem dado certo nos grandes centros, mas no interior parecer ser estranho. As pessoas vistam, mas na hora X, pareço inseguro em mostrar o conceito \"novo\" e modelo atual. Não estou conseguindo mostrar o diferencial, pois ainda não tem outro igual na cidade e fico sem referência. Diferença: Modelo Atual - o locatário precisa assinar contrato em media 30 meses são necessário fiador, fazer o depósito fiança, para contas de água, luz e IPTU, além de montar o escritório onde é preciso a ligação de internet e fone, produtos de limpeza e faxineira, entre outros. O valor de uma sala pequena para uma ou duas pessoas não é menor que R$ 700,00 fora as demais despesas, mas, locatário fica mais a vontade, embora ficasse ilhado e preço no locador ou ainda dividindo o aluguel. Modelo Novo - Não são necessários fiador, nem certidões negativas. O escritório tem toda a infra-estrutura onde é só trazer o Notebook. O valor é individual e é de acordo com tempo de uso entre R$ 200,00 a R$ 400,00 com tudo incluso. Mas pequenas restrições como: horário ou liberdade. Também por serem 30 posições lado a lado onde a idéia é o notwoking, para alguns causam a impressão de tirar a liberdade visual e voz. Não consigo explicar a diferença entre os dois conceitos. Isso tenha a ver com VENDA? Que tipo de VENDA?

Obrigado pelo contato, fico feliz que tenha da entrevista. Meu caro, seu negócio é inovador e por isso, sofrerá a barreira cultural. As pessoas não estão habituadas a este formato, especialmente as mais conservadoras. No entanto, seu papel e fortalecer os pontos fortes e enfraquecer seus pontos fracos. O co-working é um conceito internacional de escritórios produtivos, de fácil acesso e agilidade nos trabalhos. Os profissionais liberais adoram este conceito nos EUA e Europa, por que minimizam custos, aumentam a velocidade de geração de negócios, criam networking entre empresas que possam trocar indicações de clientes e fazer negócios juntas. Aproximação é o a palavra de ordem. Não adianta você querer competir como modelo tradicional, são modalidades diferentes de estruturação de uma empresa ou escritório. Seu foco deve estar na agilidade, na tranqüilidade de uma governança de infra, de TI, de catering e manutenção da base de trabalho daqueles que querem cuidar do seu core business, e não de ter que administrar contas fixas e manutenção de sua base, dos ativos que deterioram a cada mês. Menos despesas, mais objetividade: a solução para quem precisa de uma base rápida, bonita ágil, produtiva. É isso que venderá seu produto. Não fale em alugueis, redução de custos, falta de liberdade. Fale de produtividade, de economia direta para que seu cliente possa gastar o dinheiro economizado em marketing, em promoção e fortalecimento de suas vendas. As pessoas querem ouvir benefícios, não características do que vendemos. Acho que é por aí. Uma idéia: Pegue cinco pessoas e de uma voucher de 15 dias de uso. Elas experimentam e depois servem como exemplos para propagar sua grande idéia: o co-working Paciência e persistência... Você precisa convencer com exemplos, referências internacionais, cases de sucesso, demonstrações..... Se quiser ficar craque em vendas, venha comigo de 15 a 18 de abril na maior formação de vendas e liderança de equipes que faço. www.institutomarceloortega.com.br

© Marcelo Ortega 2020.

Está com alguma dúvida?
Fale Comigo no WhatsApp!